Celso Barbieri Correspondentes Internacionais

Barbieri discute: Russia, Síria, a Guerra Fria, os ataques com armas químicas e a VERDADE!

De Londres.

Por Antonio Celso Barbieri.

 

Não precisamos ser muito inteligentes para perceber que tem algo errado nesta história toda!

Apenas pergunte para si mesmo, será que um assassino internacional, com anos de experiência, assassinaria uma pessoa noutro país usando uma arma contendo uma “assinatura química” que apontasse para seu próprio país de origem? Seria muita estupidez, vocês não acham? Cosiderando-se que a Russia assinou o tratado de não fabricação, proliferação e uso de armas químicas e que as eleições presidenciais onde o Presidente Putin concorria buscando a sua reeleição estavam para acontecer, é quase impossível imaginarmos ele por trás disto ainda mais que sabemos que ele foi um dos grandes na KGB a polícia secrata russa! Para que usar armas químicas perigosas quando uma simples pistola com silenciador faria um serviço mais eficiente!

No caso do ataque feito ao espião-duplo russo Sergei Skripal, 66 anos e sua filha de 33 anos na Inglaterra , a Primeira Ministra Theresa May, sem provas, não perdeu tempo em acusar a Russia informando categoricamente que o agente químico usado foi desenvolvido na União Soviética e é conhecido como Novichok. Então, esta Primeira Ministra mostrando total ignorância diplomática e desrespeito pelos mecanismos internacionais para disputas deste tipo, partiu para a agressão infundada. Para mim, o mais difciíl de aguentar é o Ministro do Relações Exteriores, o “bufão” Boris (o Trump inglês) , um homem sem a mínima experiência diplomática, como um palhaço irresponsável (desculpe-me pois chama-lo de palhaço é uma ofensa à estes artistas), sempre abrindo a boca para falar besteira! Na Inglaterra, infelizmente a BBC TV usa seu poder para manipular a informação e assim, ajudar criar um clima maior de Guerra Fria. Felizmente, temos a RT que é uma rede de TV Russa que transmite em inglês onde podemos, com surpresa, ver o outro da lado da moeda.

Ontem na RT cientistas Russos declararam que, Novichok é um químico muito poderoso que mataria a vítima em poucos minutos. Devido ao tipo de efeito causado no sistema nervoso central por este ataque químico na Inglaterra e tendo em vista que as vítimas estão se recobrando, os especialistas russos apontam como causador deste ataque uma arma química Norte Americana que é várias vezes mais fraca do que o Novichok e é conhecida justamente por atacar o sistema nervoso central. De qualquer forma, Russia declara que pelo menos uns 10 países possuem ou sabem como fabricar o Novichok. Lembrem-se que o Mossad, a polícia secreta de Israel é famosa por operações como esta, não assinou o tratado contra o uso de armas químicas e tem MUITO interesse na derrubada tanto do Presidente Sírio como do governo do Iran! (O silêncio de toda a imprensa internacional à respeito de Israel e sobre “quem ganha com isto”, para mim já diz tudo!)

Estranhamente, a Inglaterra desde o começo negou-se a fornecer para a Russia uma amostra da arma química usada. Porque será?

Quanto ao suposto ataque químico em Duma, na Síria, já no mês passado um general russo alertava para o fato de que tinha informações de que uma operação deste tipo estava sendo organizada pelas forças que tem interesse em derrubar o Presidente Assad. (Estados Unidos, Inglaterra, França, Israel, etc)

Ainda ontem, novamente na RT, pudemos ver uma matéria onde analisando o vídeo do suposto ataque, uma pessoa foi identificada e localizada. Na televisão, pudemos ver claramente esta pessoa, tanto nas filmagens do suposto ataque como depois numa entrevista. O rapaz identificou-se como sendo um dos enfermeiros do hsopital que ajudou socorrer as vítimas. Ele contou que foi informado que um prédio de dois andares havia sido bombardeado. O lugar tinha sido tomado pelo pó e fumaça da explosão. Muita gente, homens, mulheres e crianças tinham ficado, no meio do pó e da fumaça, bloqueados dentro do prédio. No meio da confusão generalizada, inesperadamente alguém chegou gritando que era uma ataque químico, as pessoas entraram em pânico e começaram jogar água na cabeça das crianças e alguém sem experiência médica apareceu com bombinhas contra asma e começou usá-las nas crianças. Tudo armado e filmado propositalmente! Pergunte-se porque a Síria usaria armas químicas se está com a ajuda da Russia e Iran, vencendo esta guerra!

O exército russo quando chegou no lugar não encontrou nenhum caso de feridos com armas químicas e convidou imediatamente a organização internacional contra o uso de armas químicas para fazer uma verificação!

Os especialistas chegaram em Damasco na Síria mas os Estados Unidos e seus aliados capachos, Inglaterra e França não esperaram pela verificação e sem uma resolução da ONU, numa clara violação da soberania daquele país, bombardearam a Síria! Felizmente ninguém morreu! Tudo indica, tem gente querendo uma Terceira Guerra Mundial! Pela incompetência do ataque Norte Americano, Inglês e Francês parece que tudo não passou de uma vergonhosa forma usada pelos governantes destes países para desviarem a atenção popular dos seus muitos problemas internos.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *