Brief da Aldeia Global

Chile: comunidades mapuche anunciam a criação de um governo independente

A idéia das comunidades é contar com uma legislação internacional que permita a autodeterminação das comunidades indígenas.

Publicado por Nodal em 13.12.2019

 

Comunidades mapuche anunciam a criação de um governo independente do rio Bío Bío ao sul

Uma assembléia na qual participaram mais de 250 representantes de várias comunidades mapuche concluiu com a resolução a criação de um “governo independente” no território geográfico ao sul do rio Bío Bío, informou a Cooperativa.

A assembléia foi prorrogada por dois dias no Cerro Ñielol, em Temuco, e após seu mandato nesta quinta-feira, Aucán Huilcamán, líder do Conselho de Todas as Terras, informou que essa informação será entregue a todas as autoridades, incluindo o presidente Sebastián Piñera, quem deve decidir como proceder antes da instalação de um governo paralelo ao dele.

As conclusões desta assembléia estão contidas em um documento que, além do governo independente, estabelece uma série de considerações relacionadas à visão de mundo mapuche e ao direito à terra.

Nesse sentido, Huilcamán e outros líderes afirmaram que, para esse governo independente, eles confiam na legislação internacional que estabelece o direito à autodeterminação:

“O povo mapuche tem direito à autodeterminação e, em virtude desse direito, determina seu status político, assim como redigir um estatuto para a criação de um governo. Existem duas normas de direito internacional que dizem que os povos indígenas podem se governar, estamos dentro de uma legalidade internacional ”, afirmou Huilcamán.

A perplexidade

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *