Cidade Peruíbe

Escolinha de Futebol Juventude retorna gradualmente as aulas em Peruíbe

Por Rose Lino

 

O Projeto Juventude que conta com aulas de futebol para meninos e meninas com idade entre 07 e 16 anos na cidade de Peruíbe, começa a retomar as atividades depois de 05 meses parado por causa da pandemia do novo coronavírus.

Hoje a escolinha de futebol tem pelo menos 150 meninos que participam das atividades que vão muito além do esporte. Segundo o supervisor Kleber Dantas, os encontros também são um apoio às famílias, já que são espaços de discussão e reflexão com os garotos sobre bons hábitos, conduta na sociedade, direitos e deveres e outros temas de interesse da comunidade. “Nós fazemos um trabalho voltado para formar cidadãos de bem por meio do esporte e temos conseguido bons resultados”, comentou.

Muitos meninos jogam de pé no chão e o Projeto passa por dificuldades. Apesar do empenho do professor e treinador, Alessandro Pedroso, conhecido por Pezão e do assistente técnico Valdomiro Passos, o Mirinho, falta estrutura para estimular a garotada.

Algumas famílias, as que podem, têm apoiado as atividades com doações. Não há um campo específico para o treinamento e os coordenadores acabam usando o que estiver disponível nos bairros de Peruíbe. “Nos falta o básico como chuteiras, bolas, coletes, cones, apitos, uniformes, e até mesmo água e lanche. Toda ajuda é bem-vinda.”

Com a volta gradual das aulas, os meninos estão recebendo orientações sobre como evitar o contágio da covid-19. 

Alguns talentos já despontaram no grupo e já conseguiram vaga em times oficiais. O futebol é preferência entre os meninos e ajuda no desenvolvimento físico, na disciplina e no aspecto cognitivo, como um estímulo aos estudos, algo sempre cobrado pelos organizadores com a frequência na escola regular.

O intuito do Projeto com uma melhor estrutura é participar de torneios e campeonatos e levar o nome da cidade e de possíveis patrocinadores divulgando o esporte. Empresários e pessoas físicas que quiserem fazer doações podem entrar em contato pelo telefone (11) 99419-5443.

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *