Brasil: O que rola agora Seções

Morre aos 63 anos o jornalista Gilberto Dimenstein

29.05.2020, 11:00:00
O jornalista Gilberto Dimenstein morreu nesta sexta-feira (29) aos 63 anos, em São Paulo. Ele lutava contra um câncer de pâncreas que já tinha passado para outras partes do corpo.

Paulistano, ele era filho de um pernambucano e de uma paraense, com ascendência polonesa. Formou-se na Faculdade Cásper Líbero, foi por quase 30 anos colunista da Folha de S. Paulo, onde também foi diretor na sucursal de Brasilia.e correspondente em Nova Iorque e na rádio CBN. Atuou no Jornal do Brasil, Correio Braziliense, Última Hora, Visão e Veja e acadêmico visitante do programa de Direitos Humanos na Universidade de Columbia.

Ele ganhou o Prêmio Esso, principal do jornalismo, e o Prêmio Jabuti, em 1993, na categoria de não-ficção, com o livro “Cidadão de Papel”. Recebeu também o Prêmio Nacional de Direitos Humanos, com Paulo de Evaristo Arns, e o Prêmio Criança e Paz, da Unicef.

O jornalista foi um dos criadores da ANDI Comunicação e Direitos, uma organização não-governamental para usar a mídia a favor de ações sociais. Escreveu mais de 10 livros ao longo da carreira.

Fonte: Correio Braziliense

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *