Colunistas Igor Reis

Praia, olhares e sonhos

Por Igor Reis

 

Me deito na areia de alguma praia, olho para as estrelas…Respiro as ondas de sal e fecho os olhos…

Vejo as viagens que vamos fazer…

Vejo nossos olhares que vão se cruzar…

Enxergo o futuro brilhante que vamos ter

E meu ser, ansioso começa a ficar…

Noites de amor, paixão, êxtase, tesão

Dias de trilha , cachoeira, praia , Netflix…

Outono de dança, videogame, caminhada, corrida no areião

Inverno de casos, acasos, coincidências e…

Pedimos bis…

Sabemos que mesmo na primavera existem flores mortas

Mas também sabemos que no verão existem casacos de lã

E passamos o ano inteiro amando essa fusão de emoções à dois.

Horóscopo nenhum descobre o porquê de gostarmos tanto dessas experiências juntos…

Não é paixão ,pois ela é passageira e cega

Não é amor, pois não estamos tanto tempo juntos para sabermos disso

Não é amizade, pois amigos não fazem o que fazemos…

Se formos definir…o mais perto que chegamos é conexão…

Abro os olhos,

Cheiro de água salgada,

Misturado com um perfume que não estava ali quando fechei os olhos…

Cabelos ondulando com o vento…

Ela me olha sabendo todos meus pensamentos…

E fechamos os olhos…

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *