Brasil: O que rola agora Seções

Presa quadrilha que extraía árvores centenárias no Amazonas

 

Policiais civis e militares cumpriram no dia (2/6/20) 35 mandados de prisão contra uma quadrilha acusada de exploração ilegal de 9 mil árvores centenárias em regiões de mata nativa do Amazonas.

De acordo com O Globo, a organização criminosa é formada por empresários do ramo de móveis e serralheria e por agentes públicos que recebiam propina para liberação das cargas ilegais. O esquema envolve 12 serralherias, que misturavam madeira ilegal com madeira regularizada para burlar a fiscalização. As prisões foram feitas nas cidades de Manaus e Manacapuru, em operação conjunta com agentes do Ibama e da Delegacia de Meio Ambiente.

As detenções acontecem em um momento de alta dos índices de desmatamento na Amazônia. Desde o mês passado, o Exército Brasileiro está realizando uma operação de GLO, a Operação Verde Brasil 2, com foco no combate ao desmatamento ilegal e às queimadas na floresta. O Ministério da Defesa confirmou que agentes federais desmontaram na semana passada um garimpo ilegal no estado do Mato Grosso, entre os municípios de Pontes e Lacerda, em ação que resultou na prisão de 58 suspeitos e na apreensão de embarcações e outros equipamentos, além de uma pequena quantidade de ouro e mercúrio. Além disso, dez balsas e 25 motores de garimpo foram inutilizados por oficiais da Polícia Federal e do Ibama. No total, desde 11 de maio, a GLO apreendeu 86 embarcações, 59 veículos, mais de 7,6 metros cúbicos de madeira ilegal e aplicou quase R$ 20 milhões em multas e termos de infração.

 

Fonte: ClimaInfo,  em 3 de junho de 2020.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *