Baixada: O que rola agora Cidade Santos

Professores de Santos em greve de 24 horas por perigo de contágio

 

Da Redação BdF:

Os professores da rede pública de Santos estarão fazendo uma paralisação de 24 horas nesta quinta-feira, cujo motivo principal é o de iminente e crescente contágio, durante as aulas presenciais, pelo corona vírus, num momento em que o Brasil bate recordes de contágios e mortes pela Covid-19, inclusive com um caso recente de uma professora grávida de 8 meses e já internada com prognóstico incerto.

A concentração, convocada pelos sindicatos da categoria, estará sendo na Praça Mauá, frente à prefeitura santista.

Outros motivos são também as más condições estruturais de muitas escolas, lembrando que durante o ano passado ficaram fechadas e sem a manutenção habitual. Também a terceirização das cozinhas e da Educação Especial, além da falta de segurança, são fatores de apreensão e retrocesso, alegando ainda falta de diálogo com a Secretaria de Educação.

Ademais, vale lembrar, depois de episódios de inúmeros contágios e várias mortes, de professores e alunos, além de parentes, pais e avós, com o retorno de aulas presenciais em alguns lugares, no Brasil e em outros países, a advertência dos especialistas têm sido de esperar só um pouco mais, até a vacinação de pelo menos uma parte da população, como idosos, portadores de comorbidades, trabalhadores da saúde e da educação.

Em alguns Estados brasileiros, depois de clamor popular, na mídia e nas categorias, os distintos governos estão colocando como prioridade também a vacinação dos educadores, mais em um momento em que o contágio está se disseminando também em pessoas de menos idade, com crescentes casos graves e fatais.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *