Baixada Santista Cezar Mangolin

A vida é o cérebro? É urgente repensar o que chamamos de vida!

Ouvi  que uma empresa estuda formas de perpetuar a vida através da manutenção do cérebro em atividade.   Após a morte dos demais órgãos do corpo, o cérebro seria mantido ligado a computadores, de forma que seria possível prolongar indefinidamente a vida, visto que não somente as recordações e os conhecimentos obtidos ao longo da […]

Compartilhar