Celso Barbieri Correspondentes Internacionais

Barbieri Recomenda: Conheça o que é um TROLL e como se defender de seus ataques!

Por Antonio Celso Barbieri, correspondente B.F. em Londres

 

Todos conhecemos os trolls da Internet. Aquelas pessoas anônimas que se escondem atrás dos teclados e postam comentários desagradáveis. Mas quem são eles na vida real? Mais ao ponto, como lidamos com eles?

Antes de entrarmos em detalhes sobre os tipos de personalidade dos trolls da Internet, vamos examinar rapidamente quem eles provavelmente atingirão.

Em geral, os trolls da Internet ficam felizes em incomodar qualquer um. Na verdade, eles não se importam se você é famoso ou uma pessoa comum que não está no centro das atenções. Existem muitos exemplos de trollagem nas mídias sociais.

Na realidade, no entanto, pesquisas sugerem que os principais alvos dos trolls da Internet são as mulheres e as minorias étnicas. Não apenas isso, mas esse abuso inclui ameaças de violência sexual ou morte.

Exemplos de Internet Trollagem

Para se ter uma idéia do que estou falando, tomemos como exemplo a deputada negra inglesa Diane Abbott. Durante as eleições gerais de 2017, ela recebeu quase metade de todos os tweets abusivos enviados às deputadas do sexo feminino.

Esta não é uma estatística isolada. Uma pesquisa mostrou que mulheres parlamentares inglesas negras e asiáticas receberam em média 35% mais abusos online do que seus colegas brancos.

“O abuso on-line prejudica você, prejudica sua confiança e corrói sua auto-estima” – Deputada Diane Abbott

Não é apenas o mundo da política que ativa os trolls usarem seus teclados. A professora universitária Mary Beard recebeu uma torrente de abuso em 2018. Seu crime? Ela sugeriu que perdoava as ações de contratação de profissionais do sexo feita pelos trabalhadores humanitários da Oxfam no Haiti.

Você poderia argumentar que meus dois exemplos são de mulheres de uma certa idade, fortes e independentes, mas, os trolls da Internet tem como alvo tanto jovens como idosos. Por exemplo, a jovem cantora norte-americana Ariana Grande foi colocada em um pedestal após sua reação ao atentado terrorista em Manchester. Avançe 12 meses e descobrirá que agora, na Internet ela está sendo acusada pela morte de seu ex-namorado, o rapper Mac Miller. Miller, após sua separação de Ariana Grande, lutou contra o abuso de drogas. Os trolls da Internet acreditam que Ariana Grande deveria ter ficado com ele e o ajudado com seu problema.

Então, sabemos o tipo de pessoa que provavelmente será trollada, mas quem está fazendo a trollagem? Quem são os trolls da Internet?

Um estudo feito lançaou alguma luz sobre o tipo de pessoa que se envolverá em trollagem. Embora o estudo tenha sido relativamente pequeno (apenas 415 participantes), apresentou alguns detalhes muito interessantes.

Esta e outras pesquisas sugerem que três fatores principais se destacam entre os trolls da Internet:

1) É mais provável que os trolls sejam homens e tenham uma pontuação alta no teste de personalidade da Tríade Negra (psicopatia, narcisismo e maquiavelismo).

2) Os trolls têm pouca empatia afetiva (eles não conseguem sentir o sofrimento dos outros), mas alta empatia cognitiva (eles conseguem entender o que faz as pessoas sofrerem).

3) É muito provável que os trolls sofram de más habilidades sociais.

Em outras palavras, os trolls têm um lado sombrio em sua personalidade. Eles também são bons em descobrir quem tem mais probabilidade de ficar chateado. Isso apesar de não terem empatia por suas vítimas.

Quer dizer: Os trolls empregam uma estratégia empática de prever e reconhecer o sofrimento emocional de suas vítimas, enquanto se abstêm da experiência dessas emoções negativas.

Dois tipos de trolls da Internet

Existem dois tipos de trolls. O primeiro são os tipos vingativos e desagradáveis ​​que desfrutam do sofrimento que causam. Os segundos tipos são solitários com poucas habilidades sociais. Esses tipos parecem poderosos por trás da segurança de um teclado.

O Troll Vingativo

Novos estudos confirmam o primeiro tipo, o troll vingativo. Pesquisadores canadenses realizaram testes de personalidade em mais de 1.200 pessoas. Os participantes foram questionados sobre seu comportamento na Internet. Em particular, em relação aos comentários que eles fizeram online.

Os resultados mostraram que as pessoas que admitiram gostar de trollar na Internet também tiveram uma pontuação alta nos testes de personalidade da Tríade Negra. Não apenas isso, mas eles também tiveram uma boa pontuação no sadismo. Sadismo é o prazer de causar dor psicológica ou física a outras pessoas. Juntamente com a psicopatia, o narcisismo e o maquiavelismo, o sadismo é certamente outro dos lados sombrios de nossos comportamentos.

De todas as medidas de personalidade, o sadismo mostrou as associações mais robustas com trolling e, o mais importante, a relação era específica ao comportamento de trolling.

No entanto, um estudo foi baseado no trolling do Facebook. Ele descobriu que, embora os participantes tivessem pontuações altas em psicopatia e sadismo, as pontuações em narcisismo e maquiavelismo eram relativamente baixas.

Acredita-se que os narcisistas sejam muito absorvidos por si mesmos para passar um tempo trollando. Enquanto o ambiente acelerado do Facebook não é ideal para os maquiavélicos. Esse tipo de pessoa gosta de tempo para planejar e executar seus planos maldosos e desonestos.

O Troll Socialmente Inepto

O que faz com que os trolls da Internet continuem com seu comportamento cruel? Deve haver algum tipo de recompensa para eles. Para psicopatas e sádicos, a recompensa é óbvia – é o sofrimento que eles causam. Mas e aquelas pessoas que não têm uma pontuação alta nessas características da tríade sombria?

A atividade social geralmente é gratificante. Passar um tempo com amigos ou familiares nos faz sentir bem.

Pesquisas mostram que estímulos sociais também podem nos recompensar. Por exemplo, simplesmente olhando rostos sorridentes na internet aumenta a atividade no centro de recompensas do cérebro. Normalmente, as pessoas se sentem recompensadas quando estão ou criam um ambiente social positivo.

No entanto, existem dois tipos de recompensa social:

1) Recompensas sociais típicas
2) Recompensas sociais atípicas

As recompensas sociais típicas são os sentimentos positivos de prazer que obtemos dos comportamentos afirmativos. Comportamentos como gentileza e consideração levam a recompensas sociais típicas.

Por outro lado, recompensas sociais atípicas provêm de comportamentos negativos, como crueldade, causando angústia ou constrangimento.

Ambientes sociais positivos são lugares onde as pessoas se sentem apoiadas e amadas. Elas podem confiar um no outro. Elas são livres para cometer erros sem ridículo. Isso contribuirá para recompensas sociais típicas.

Os trolls são motivados por essas recompensas sociais atípicas. Eles prosperam em causar ambientes negativos. De fato, é esse tipo de ‘potência social negativa’ que é um enorme indicador de comportamento deste tipo de pessoa.

A potência social negativa é uma medida de quão longe alguém irá causar angústia para os outros. Isso é feito para que eles se sintam bem consigo mesmos. Esses tipos de trolls da Internet são motivados a fazer este tipo de postagem porque se sentem poderosos com o caos e o sofrimento que causaram.

Trolls na política atual

Existem dois tipos de trolls atuando na política: O troll profissional e o troll ignorante e sem cultura.

O Troll profissional

O Troll profissional, agride e ataca o responsável por qualquer posicionamento contra o partido que lhe paga pelos seus serviços. Este pagamento por ser feito em dinheiro ou através de atribuição de cargos e funções na máquina administrativa. Sua tarefa diária é, nas Redes Sociais, usando inúmeras identidades e contas falsas, através de memes e fakenews espalhar desinformação, ódio, divisão e confusão. Geralmente este tipo de troll usa e abusa de palavras chaves tentando associar o alvo do seu ataque com nazismo, comunismo, corrupção, etc. Ele também gosta de usar pesquisas números e porcentagens falsas. Ele também, para criar confronto e confusão, gosta de apoiar ideias completamente absurdas como por exemplo a da Terra Plana ou então usar citações bíblicas completamente ultrapassadas ou inadequadas aos dias de hoje.

O troll ignorante e sem cultura

O troll ignorante e sem cultura, geralmente foi fruto de anos de lavagem cerebral baseada em discursos especialmente criados para ele, discursos misturando religião e preconceitos de todo o tipo. Fazendo-o apoiar e eleger governos fascistas. Este discurso associado ao seu nível intelectual baixo, falta de instrução e um preconceito exacerbado, transformou este troll em mais um defensor do próprio governo fascista que ele mesmo ajudou eleger e agora está passado leis que ultimamente lhe tirarão todos os seus direitos sociais. Este troll é muito perigoso porque seu ódio é cego e ele geralmente é muito arrogante para admitir que errou. Portanto este troll é incapaz de raciocinar e sair do buraco em que se meteu.

Como lidar com os trolls da Internet

Existem várias maneiras de lidar com trolls da Internet. Os trolls da Internet se alimentam de seu desconforto e angústia. Quanto mais chateado você estiver, mais prazer eles terão em lhe trollar. Portanto, se você quiser saber como lidar com trolls, aqui estão algumas dicas:

1) Ignore-os – os trolls querem saber que o incomodaram. Ou eles querem sentir como se tivessem uma sobre você para se sentirem poderosos. Ignore-os e eles não receberão essa recompensa.

2) Use humor ou amor – os trolls estão no negócio de perturbar as pessoas. Se você se sentir suficientemente forte para responder, faça-o. Mas faça isso com humor ou amor. Em outras palavras, mate-os com bondade ou riso.

3) Desmascará-los – os trolls adoram o anonimato da internet. Ao desmascará-los e mostrar ao mundo quem eles são, você tira o poder deles.

4) Use fatos para corrigi-los – Se alguém postar mentiras sobre você, responda com os fatos.

5) Se estiver num website, ou grupo, entre em contato com o moderador – para aqueles que não querem se envolver em uma batalha com trolls, entre em contato com o moderador do site em que o abuso está ocorrendo. Lembre-se de que você não precisa tolerar esse tipo de comportamento.

6) Se estiver no FaceBook, bloqueie o troll, não dê espaço para que suas postagens alcansem seus amigos! Não dê palanque ao inimigo!

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *